top of page

33ª Feira Nacional de Artesanato traz versão presencial e virtual

Evento vai reunir cerca de 3 mil artesãos e artistas de todo o Brasil e de representantes de outros países no período de 06 a 11 de dezembro e deve movimentar cerca de R$ 60 milhões.



Belo Horizonte vai sediar mais uma vez, a tradicional Feira Nacional de Artesanato (FNA), nos dias 06 a 11 de dezembro (terça-feira a domingo), no Expominas.


Nesta 33ª edição, os visitantes encontrarão aproximadamente 900 estandes com apresentação de produtos de todo o país e de representantes de outros da América Latina, África e da Europa e de mais de 30 etnias indígenas. Terão oportunidade também de participar de oficinas artesanais gratuitas, apresentações culturais com manifestações artísticas do folclore e do cancioneiro nacional, cortejos e shows musicais. Contarão ainda com três praças de alimentação, com lanchonetes e restaurantes, além do Butiquim, na área externa do Expominas.


A estrutura do evento contempla também lounge para descanso, guarda-volumes, Espaço Criança com monitores, fraldário, telão em LED de 30 metros quadrados e seis TV´s de 75 polegadas espalhadas pelo pavilhão que transmitirão, ao vivo, a programação esportiva diária.


A feira é destinada ao público em geral e a lojistas, e os ingressos deverão ser retirados com antecedência pelo Sympla, ao preço de R$ 17,50, sendo que maiores de 60 anos, menores de 12 anos e PCD (pessoas com deficiência) não pagam, mesmo assim devem retirar a entrada na plataforma virtual. Na portaria, os ingressos serão vendidos a R$ 20,00 e o estacionamento, que é terceirizado, cobrará a diária de R$ 60,00.


Neste ano, a expectativa é de que o evento retorne aos resultados de antes da pandemia, quando em 2019, chegou a 130 mil visitantes e a movimentar cerca de R$ 60 milhões ao longo dos seis dias. Esta previsão é da organizadora, Tânia Machado, do Instituto Centro CAPE, que conta que a Feira vai gerar aproximadamente dois mil empregos diretos – sem a inclusão dos cerca de três mil artesãos e artistas -, e mais ou menos 20 mil indiretos. 


Organizada pelo Instituto Centro de Capacitação e Apoio ao Empreendedor (Centro CAPE), a FNA integra o Calendário Brasileiro de Exposições e Feiras do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio e é considerada atualmente a maior feira da América Latina. Em 2022, a Feira Nacional de Artesanato conta com o patrocínio da Belotur/PBH, Cemig, Sistema OCEMG, Sebrae Nacional, Lei Estadual de Incentivo à Cultura/Governo de Minas, além do apoio do SESI Nacional e da Neooh como mídia partner.

 

 


Redes:

https://www.instagram.com/feiranacionaldeartesanato/

www.feiranacionaldeartesanato.com.br


bottom of page