4ª edição do Fuegos traz o melhor da cozinha de fogo

A 4ª edição do Fuegos está chegando e promete reunir o melhor da cozinhade fogo de Belo Horizonte. Pra isso, foi escalado, um super time de assadores, churrasqueiros e chefs.


Tendo o fogo como elemento central e único método de cocção, a festa reunirá, no dia 1º de outubro, sábado, quem mais entende da relação entre proteína e brasa durante 8 horas de open food e open bar de cervejas especiais.


O evento acontece no Parque da Gameleira, na capital mineira, com um cardápio repleto de costelas, steaks, aves, frutos do mar e até um pirarucu de aproximadamente 2 metros de comprimento.


Clientes da categoria Black do Banco Inter já podem adquirir os ingressos e com desconto, a partir desta terça-feira, 6. Já para o público geral, as entradas passam a ser comercializadas 48 horas depois, na Central dos Eventos, a partir de quinta-feira, 8.


À frente das panelas, grelhas e espetos estão verdadeiras estrelas do universo da gastronomia, como os chefs mineiros Léo Paixão, Flavio Trombino e Ivo Faria, e representantes de outros estados, como Paula Labaki, do restaurante paulista Labaki Delishop, o paraense Saulo Jennings, da Casa do Saulo, e Rafa Bocaina, eleito em 2022 o melhor artesão da gastronomia pela Revista Prazeres da Mesa.


Ao todo, 32 especialistas da gastronomia já confirmaram presença. Utilizando insumos nobres, desde vegetais orgânicos a massas, peixes, e cortes bovinos e suínos, eles vão comandar mais de 30 estações, com diferentes tipos de preparos e utensílios, como defumadores, rotisserias, parrillas argentinas e fogo de chão.


“O Fuegos é um culto à gastronomia no puro fogo, feito por quem entende do assunto. Temos um rigoroso e longo processo que dura meses para a escolha dos chefs assadores convidados, proteínas e iguarias, assim como dos materiais que serão utilizados, desde os utensílios para servir os pratos, ao carvão e a lenha até as ferragens para montar as estruturas”, explica Marcelo Wanderley, curador e idealizador do festival.


Inspirado em um movimento purista que busca valorizar a ancestralidade, o chef gaúcho Marcos Livi traz para o Fuegos o seu Carrossel de Aves. A grande estrutura metálica de 6 metros de diâmetro coloca todos os alimentos em evidência, criando uma imagem de encher os olhos e as redes sociais dos participantes. Celebrando o fogo, ele irá criar quatro pratos com vários cortes do frango.


Maior peixe de escamas de água doce do mundo, o pirarucu selvagem, gigante da Amazônia que pode chegar a 3 metros de comprimento e pesar até 200 quilos, será preparado inteiro pelo chef Saulo Jennings. O peixe será pescado na Bacia Amazônica e transportado por via aérea para a capital mineira pela Cocar & Co, empresa especializada em alimentos naturais e orgânicos do Norte do país.


Além de preparar um timo, ou molleja, saborosa glândula do pescoço bovino e muito comum em assados argentinos, o chef Léo Paixão vai estrear como guitarrista da Fuegos Rock Band, que terá também a participação de Glauco Mendes, baterista do Pato Fu, além de outros músicos de destaque da capital mineira.


Já Gabriella Guimarães e Guilherme Furtado, do Okinaki, vão preparar um drink que também pode ser uma sobremesa: o Cachacini de abacaxi, um coquetel sólido e clássico feito originalmente com saquê e dry Martini. No entanto, no Fuegos, o preparo vai ganhar um toque mineiro com o acréscimo da cachaça.


Para harmonizar os pratos, o evento terá um wine bar montado pela Del Maipo, com uma estrutura com mesas e cadeiras. A carta de vinhos foi criada pelo sommelier Osmar Junior exclusivamente em acordo com os diversos preparos que serão oferecidos. O gin mineiro da destilaria Don Luchesi, produzido em Lagoa Santa, na Grande BH, mais conhecido como O’Gin, irá montar uma discoteca no Fuegos, com opções de drinks e discotecagem do DJ Leandro Rallo.


Com foco no conforto e na comodidade, o evento terá estacionamento próprio, centenas de mesas e cadeiras e os banheiros serão no formato containers premium, com equipes de limpeza executando a higienização durante todo o festival.


Para o público infantil, o Fuegos reservou uma Área Kids com monitores e diversas atividades, como passeio de pônei. Todos os passeios serão feitos com acompanhamento de um tratador, que conduz o pônei pelo caminho determinado. Os animais chamam atenção pelo tamanho e prometem fazer a alegria dos pequenos. Em tempo, crianças com até 10 anos acompanhadas dos pais ou responsáveis não pagam a entrada ao festival.


Serviço:

4ª edição do Fuegos

1ª de outubro (sábado), das 14h às 22h

Parque de Exposições da Gameleira - Av. Amazonas, 6020 - Gameleira, Belo Horizonte

Ingressos a partir de R$ 390 em www.centraldoseventos.com.br/fuegosfestival

Posts recentes

Ver tudo

Per Lui