top of page

BH: o orgulho dos mineiros

Uma cidade alegre e vibrante, que precisa melhorar em mobilidade, um dos focos de nosso novo mandato.



Durante minha vida trabalhando na iniciativa privada, rodei por toda Minas Gerais, mas só havia estado em Belo Horizonte de passagem. Só passei a morar aqui ao me tornar governador. Nestes quatro anos, apesar dos compromissos do cargo, pude observar que essa é uma cidade alegre e vibrante, com vocação para o entretenimento.


Passamos dois anos complicados durante esse período, resguardados por causa da fase aguda da pandemia, mas hoje vejo festivais e shows ocorrendo a cada fim de semana, bares cheios, gente celebrando. Esse movimento tem grande potencial e pode contribuir para atrair mais turistas e impulsionar a economia da capital mineira.


Em Belo Horizonte, avançamos muito nas concessões no primeiro mandato, que podem inclusive contribuir para o fortalecimento da capital mineira como destino turístico. A Rodoviária já está com a nova gestão, e o serviço prestado será melhor para o cidadão. O Mineirinho foi reinaugurado no fim de novembro e certamente voltará a ser palco de grandes eventos.


Além disso, ainda em 2019, me comprometi a não morar em palácio, sendo o único governador da história de Minas a bancar a própria moradia. Hoje, transformamos o Palácio das Mangabeiras em um novo e importante espaço cultural para Belo Horizonte, chamado Parque do Palácio, aberto ao público e com diversas atrações. A economia aos cofres públicos é de R$ 3,5 milhões por ano, apenas com a manutenção do Palácio das Mangabeiras.


Nosso primeiro mandato trouxe alívio para os cofres públicos e ganhos de eficiência. Outro bom exemplo é a redução das secretarias de 21 para 12, com diminuição de cargos. Foi essa gestão criteriosa e austera que tornou possível o pagamento de todos servidores de forma integral, no quinto dia útil, após quase seis anos de remuneração parcelada e atrasada.


Desde agosto de 2021, a situação dos salários está regularizada, assim como o pagamento do 13° em dezembro. O abono será pago em 2022, na íntegra, novamente antes do Natal. Desde o início da minha gestão, faço a doação integral de todos os meus salários a instituições de caridade, conforme havia prometido.


Com a conclusão do processo de adesão de Minas ao Regime de Recuperação Fiscal (RRF) e a viável solução da crise fiscal no Estado, vamos avançar na melhoria dos serviços prestados aos mineiros, incluindo os belo-horizontinos.


Como qualquer grande cidade, sabemos que a capital mineira enfrenta diversos desafios, principalmente em relação à mobilidade, e queremos avançar nas políticas de transporte e obras. Estamos trabalhando focados na expansão do metrô, para permitir uma conexão deste importante modal de transporte até a região do Barreiro, e na construção do Rodoanel, melhor alternativa para desafogar o trânsito pesado do Anel Rodoviário, rotineiramente palco de lamentáveis tragédias.


Algumas demandas históricas de Minas Gerais passam por Belo Horizonte e vão merecer atenção nesse novo mandato, como a concessão da BR-381 entre Belo Horizonte e Governador Valadares, que esperamos concluir, permitindo a finalização da duplicação da rodovia mais perigosa do Estado.


Outra demanda antiga diz respeito à drenagem do solo. Apoiamos a execução de obras, realizadas pelas prefeituras de Belo Horizonte e Contagem, que podem resolver o crônico problema de inundação, causado pelo transbordamento do córrego Ferrugem na avenida Tereza Cristina.


A questão da segurança pública na capital mineira foi uma preocupação constante no primeiro mandato e continuará sendo. Os policiais militares começarão a utilizar câmeras nos uniformes agora em dezembro, uma medida que deve melhorar, inclusive, a segurança deles. Foram 1.040 equipamentos adquiridos, entregues à instituição em outubro. Somente nesta primeira fase, mais de 4 mil policiais serão contemplados com o uso da tecnologia, e o objetivo é expandir para todos os militares.


Estamos colocando as contas em dia e atuando com responsabilidade e compromisso. Temos confiança de que Belo Horizonte vai avançar junto de todo o Estado e continuará sendo orgulho dos mineiros.


Artigo escrito por Romeu Zema, Governador de Minas Gerais


Foto: Gil Leonardi



bottom of page