Banco mineiro lança novidade para servidores públicos e consignados


O banco mineiro Bmg acaba de lançar um novo serviço para servidores públicos e aposentados e pensionistas do INSS que promete trazer diversas vantagens no dia a dia, o Cartão de Crédito Consignado Benefício. 


Desde o dia 09 de junho, o Cartão de Crédito Consignado Benefício está acessível para servidores públicos ativos e inativos, desde que possuam margem consignável disponível de instituições que tenham convênio com o Banco Bmg. Para aposentados e pensionistas do INSS, o produto estará liberado a partir de 19 de setembro.


"Esse é um cartão de crédito consignado exclusivo para aposentados, pensionistas do INSS e servidores públicos conveniados de Minas Gerais e São Paulo. Com ele, investimos em trazer mais valor e benefícios aos nossos clientes e, consequentemente, ao Banco", afirma Sandoval Martins, vice-presidente do Bmg.


Semelhante a um cartão de crédito comum, o Cartão de Crédito Consignado Benefício se destaca por trazer vantagens ao cliente do consignado, como, por exemplo, descontos em farmácias, compras nacionais ou internacionais, pontos no programa Mastercard® Surpreenda e saques sem tarifas de até 70% do valor do limite total do cartão, sendo o limite de até 3 vezes o salário ou benefício do contratante, dependendo do convênio.


Para quem é cliente aposentado ou pensionista do INSS, o cartão ainda oferece o Seguro de Vida gratuito, com coberturas de morte natural e acidental, auxílio ou assistência funeral (não cumulativos) e mais descontos em farmácias, que variam de 15% a 80%.


Sem anuidade ou taxas escondidas, com o Cartão de Crédito Consignado Benefício, o cliente tem a comodidade e a segurança de ter o valor mínimo da fatura descontado direto da folha de pagamento e até 40 dias para pagar a fatura. Em caso de pagamento somente do valor mínimo da fatura, a taxa de juros varia de 3,06% a até 4,70%, dependendo do convênio.


"Mesmo tendo taxas menores do que os cartões de crédito comuns, sempre recomendamos aos nossos clientes que, quando utilizarem o seu cartão para compras ou saques, paguem o valor total da fatura, após o desconto do valor mínimo. Dessa maneira, utiliza-se o crédito de maneira consciente e evita-se a inadimplência e o superendividamento", finaliza Martins.


Posts recentes

Ver tudo

Per Lui