CASACOR 2022 – Verde que te quero verde


Bora falar de CasaCor 2022! Estive na mostra semana passada e fiquei com vontade de falar um pouquinho dela, minhas impressões e o que me inspirou a respeito. A mostra vai até dia 24 de setembro e ainda dá tempo de falar sobre. Antes tarde do que nunca não é mesmo.


Então vamos lá! Muitos espaços bonitos, muita coisa nova, alguns espaços que instigaram a imaginação dos visitantes, outros nem tanto, mas o que mais me chamou a atenção foi sem dúvida, o paisagismo! Ah que delicia, que lindo, que biofílico, que majestoso. Com diria a música que nunca ouvi “Verde que te quero verde”. É sobre isso e não está tudo bem. 


MAIS VERDE POR FAVOR


Aqui vou fazer um parêntese para enaltecer o trabalho da Kat Flores e Paisagismo, que esteve presente em alguns ambientes e o trabalho do Wanderlan Pintagui com o ambiente Jardim “Os Sertões". Nos ambientes da Kat (pois sou intima), me senti realmente dentro de uma floresta e trouxe aquela calma que só a natureza é capaz de proporcionar. 


Kat Flores e Paisagismo, Verde pra si ver a si |Foto (Divulgação)


No ambiente “Os Sertões” do Wanderlei – que inclusive ganhou prêmio do Estado de Minas, salvo engano. Eu sou suspeita, pois sou apaixonada com a estética do serrado, do sertão (me perdoe se tem algum erro de geografia ai) com cactos e todo o pacote da aridez e do clima desértico. É isso gente, duas palavras: Para-Béns! O resto é mato. 


Wanderlan Pitangui Jardim Os Sertões | Foto (Divulgação)


INSPIRAÇÕES 


Alguns ambientes que me chamaram a atenção por serem criativos e despretensiosos foram a Loja Conceito, ambiente da Tríade Arquitetas (com muito verde também) e o Espaço Líder, projetado pelo Arquitetos Associados (Alexandre Brasil, Bruno Santa Cecilia e Paula Zasnicoff) – amei sentar ao céu aberto e me senti como uma adole no espaço dos sofás-modulares. Amei! 


Tríade Arquitetas, Loja Conceito | Foto (Divulgação)


Arquitetos Associados (Alexandre Brasil, Bruno Santa-Cecilia e Paula Cardoso, Infinito Coletivo) | Foto (Divulgação)


Por último, amei as instalações para lá de lúdicas do Antônio Grillo, Ninho de Guaxo e o Labirinto Playground do Vazio S/A. Achei ousado, lúdico já falei, desconstruído, interessante e nos convida a soltar a criança interior que está viciada em telas. 


Antônio Grillo, Ninho de Guaxo | Foto (Divulgação)


Vazio S/A, Labirinto Playground| Foto (Divulgação)






Posts recentes

Ver tudo

Per Lui