CDL/BH e TRE-MG fazem parceria para combater a desinformação no período eleitoral


A Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte (CDL/BH) e o Tribunal Regional Eleitoral Minas Gerais (TRE-MG) assinaram na última sexta-feira, 2, termo de cooperação de enfrentamento à desinformação, incentivo do eleitor idoso ao voto e orientação aos empregadores dos setores de comércio e serviços sobre as folgas destinadas aos mesários voluntários que atuarem durante as eleições 2022.


O acordo foi firmado na sede da CDL/BH, contou com a presença do presidente do TRE-MG, desembargador Maurício Soares, do presidente da CDL/BH, Marcelo de Souza e Silva, do vice-presidente e Corregedor Regional Eleitoral do TRE/MG, desembargador Octavio Augusto de Nigris Boccalini, da juíza auxiliar da presidência do TRE-MG, Dra. Cristiana Ribeiro Gualberto, da juíza auxiliar da Corregedoria do TRE-MG, Dra. Roberta Fonseca, e o desembargador do Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais, Júlio César Lorens. 


Dentre as atribuições previstas para a CDL/BH nesta parceria estão a divulgação de campanhas e conteúdos sobre o fortalecimento da democracia, da transparência do processo eleitoral e do enfrentamento à desinformação. A entidade também irá incentivar a participação dos eleitores na votação, especialmente o público idoso. 


 "O momento atual é importante para definir os rumos do Estado e do país. Estamos às vésperas das eleições que irão definir quem serão os tomadores de decisão para os próximos quatro anos. Por essas decisões terem o potencial de impactar diretamente nossas vidas e nossos negócios, é que o período eleitoral merece nossa atenção. Confiamos na condução dos trabalhos pelo Tribunal Regional Eleitoral e a CDL/BH está pronta para colaborar e apoiar com ações que possam ajudar na organização do processo eleitoral", destacou o presidente da CDL/BH, Marcelo de Souza e Silva. 


Para o presidente do TRE-MG, desembargador Maurício Soares, um dos desafios do processo eleitoral deste ano será o combate à desinformação. "Precisamos do apoio de entidades de grande capilaridade e prestígio, como a CDL/BH, para nos ajudar no combate a fake news, informações incompletas e também o incentivo ao voto. Minas  Gerais é o segundo colégio eleitoral do país, somos mais de 16 milhões de eleitores, o que nos traz uma grande responsabilidade. Ao mesmo tempo, queremos que o maior número de eleitores compareça, pois quanto mais votos, maior credibilidade", pontuou. 

Posts recentes

Ver tudo

Per Lui