Clube de Permuta completa 10 anos e anuncia expansão

Plataforma de negócios criada em Minas Gerais começa sua carreira internacional pela Colômbia, ainda em 2022.


O Clube de Permuta completa 10 anos e celebra a expansão dos negócios para além das fronteiras do Brasil, e atingir outros países da América Latina e também da Europa. Foi criado depois do empresário Leonardo Bortoletto ter recebido, por meio de um sonho, o direcionamento para a execução de um portal de negócios e relacionamentos. Ele estava em busca de uma solução para uma dor real da empresa que ele dirigia na época: administrar uma grande quantidade de permutas bilaterais. Esse foi o pontapé inicial para transformar uma das práticas mais antigas e consolidadas do mercado em um negócio milionário.


Nesses 10 anos, a plataforma soma mais de R$285 milhões transacionados, 1.600 associados e 20 franquias espalhadas pelo Brasil. O próximo passo é a internacionalização da marca, que começa pela Colômbia ainda em 2022 e chegará a Portugal, em 2023.


“Quando uma empresa troca aquilo que tem, como um produto ou serviço, por algo que precisa, ela não altera seu caixa. As necessidades por serviços relacionados a áreas como tecnologia, consultorias e gestão e RH estão cada vez maiores. Com a permuta, a empresas de todos os tamanhos conseguem ter acesso a isso sem gastar, o que pode ser crucial para sua manutenção”, explica Bortoletto.


Para consolidar uma década de muito trabalho e confirmar que está trilhando o caminho certo nos negócios, o Clube de Permuta recebeu o Selo de Excelência em Franchising 2022, concedido pela Associação Brasileira de Franchising (ABF), principal honraria do mercado de franquias nacional, que reconhece as marcas mais bem avaliadas por seus franqueados. Este é o primeiro ano que a empresa participa do prêmio e foi chancelada com o selo.


Trajetória


Para contar os principais marcos desse negócio de sucesso, é importante voltar em 2012, quando tudo começou com a finalidade de facilitar negociações baseadas no modelo de permuta, que envolve troca de produtos sem mexer no fluxo de caixa das empresas. Um dos maiores desafios foi mudar a cultura do empresário e fazer com que ele pensasse fora da caixa. Aos poucos, esse objetivo vem sendo alcançado e hoje a empresa soma um grande volume de transações. Somente em 2021, a marca foi responsável por transacionar mais de R$47 milhões.


“Não trabalhamos com dinheiro, mas as pessoas estão acostumadas a usá-lo diariamente em suas vidas. Mostramos que é possível adquirir tudo aquilo que o empresário precisa para o seu negócio entregando seus produtos ou serviços em troca. Isso gera uma receita igual, pois trabalhamos com valores de mercado, mas tem um resultado de lucro muito maior do que se a compra e venda fosse em dinheiro”, salienta.


O Clube de Permuta inaugurou suas atividades com uma transação realizada em Minas Gerais, em 2012. Na época foi feita a compra de serviços gráficos no valor de R$ 27 mil. Com o passar dos anos, algumas transações marcaram a história da empresa, como um associado de Montes Claros que resolveu vender seu avião modelo Seneca.


A aeronave foi comprada em cotas por quatro associados, que adquiriram créditos na plataforma vendendo feijões. Outra negociação importante foi quando uma empresa trocou toda a sua frota de carros por uma terceirizada, e usou o dinheiro da venda dos automóveis para investir na estrutura do próprio negócio. As transações não são somente entre produtos. Um exemplo disso foi um associado que mudou as sedes administrativa e operacional com o apoio da rede, economizando de 10% a 15% em custo administrativo.


“Nesses 10 anos, temos diversas transações que marcaram não somente os associados, mas também a franqueadora. Queremos continuar fazendo a diferença na vida de diversos empresários, mostrando que é possível sim, fazer transações muito boas sem usar propriamente o dinheiro do caixa da empresa”, ressalta.


Próximos passos


Com os resultados positivos, a expectativa da empresa segue alta. Ainda em 2022, a marca prevê mais duas unidades no País - em Santa Catarina e no Rio de Janeiro, completando 24 franquias e a primeira no exterior, com previsão de chegada na Colômbia em julho de 2022.


“Temos planos ambiciosos de expansão. Começaremos pela Colômbia e já temos uma viagem marcada para Portugal, em junho, onde realizaremos reuniões com dezenas de empresários e possíveis franqueados para a nossa primeira unidade na Europa. Temos um objetivo de ampliar as transações em 20%, que é nossa média anual desde a fundação”, conta.


Em paralelo, o Clube de Permuta conduzirá um projeto recém criado, com foco na expansão nacional dedicado a cidades menores e importantes do Brasil. Para isso, desenvolveu condições especiais para franqueados em cidades pequenas por todo o território nacional, o que aumenta as oportunidades para empresas se tornarem associadas.


Principais marcos


2012 – Fundação do Clube de Permuta, em Belo Horizonte (MG), com 12 associados;

2015 – Conquista de título de 1ª rede de franquia multilateral do mundo pela Associação Internacional de Comércio Recíproco – IRTA;

2016 – Expansão da franquia para outras praças do Brasil;

2018 – Conquista do título de maior empresa de franquia multilateral do Brasil;

2021 – Conquista do título de maior plataforma de permuta multilateral da América Latina pela Associação Internacional de Comércio Recíproco – IRTA. E do Prêmio Excelência em Franchising, pela Associação Brasileira de Franchising (ABF);

2022 – Conquista do Selo Excelência em Franchising 2022, pela Associação Brasileira de Franchising (ABF). Expansão internacional para a Colômbia e início da prospecção em Portugal, além da expansão nacional dedicada a cidades menores e importantes do Brasil.

Saiba mais: www.clubedepermuta.com.br


FOTO / Divulgação CC / Clube de Permuta