Colônia de férias da Bodytech trabalha habilidades das crianças

Programação, de 18 a 29 de julho, atende a crianças de 4 a 11 anos nas unidades da Savassi, Belvedere e Ponteio.



Com a proximidade do recesso escolar do meio do ano, a Bodytech aproveita para anunciar o início da sua Colônia de Férias que acontece de 18 a 29 de julho, sempre de 13h30 às 17h30. A programação atende a crianças de 4 a 11 anos de idade e facilita a vida dos pais que não têm tempo livre neste período para ficar com os filhos, em função do trabalho.


As três unidades de BH (Savassi, Ponteio e Belvedere) terão programação. Os preços são os seguintes: para clientes, uma semana custa R$ 270,00 e duas semanas R$480,00; não clientes pagam R$ 300,00, uma semana, e R$ 530,00, para duas semanas. Durante a matrícula todos receberão um kit com camisa e mochila personalizadas. As vagas são limitadas.


Segundo a academia, o objetivo é criar um ambiente divertido para fazer amigos, exercitar a criatividade e movimentar o corpo. Todas as atividades são desenvolvidas por profissionais especializados e visam o desenvolvimento motor, cognitivo, social e afetivo, além de favorecer a aprendizagem de habilidades específicas de maneira lúdica e dinâmica.


Os pequenos passam o dia acompanhados dos monitores, que os guiam entre as atividades. Entre elas estão: oficina de artesanato, atividades aquáticas, oficina culinária, dança, recreação e muito mais! Além de praticar uma série de brincadeiras variadas, eles ainda interagem com outras pessoas e criam um gosto pela prática de exercícios físicos.


O principal foco desta edição da colônia de férias Bodytech são as atividades que vão explorar as soft skills. São as competências sociais, emocionais e comportamentais relacionadas com a forma como interagimos e nos relacionamos com as pessoas.

Principalmente em decorrência da pandemia e da mudança constante da sociedade, é imprescindível que essas habilidades sejam estimuladas e aprendidas desde cedo, dizem os especialistas. Para eles, a infância é um período de muitos aprendizados, descobertas e novidades, e as emoções fazem parte deste conjunto.


Os principais habilidades a serem trabalhadas estão: comunicação, liderança, resolução de conflitos, pensamento crítico, criatividade, flexibilidade, empatia e inteligência emocional.


Os exemplos práticos de como as soft skills serão inseridas na colônia: atividades em grupo; momentos que as crianças serão estimuladas a falar o que elas estão sentindo após um jogo; dinâmicas que possuem mais de uma alternativa para que as crianças defendam seus pontos de vista; e contação de histórias.



Fotos: Divulgação CC / Bodytech


BOA NOTÍCIA GERA NOTÍCIA BOA!

OFERECIMENTO

1/1