Com o Mineirão lotado, Atlético apenas empata. Ainda líder, Cruzeiro perde na Série B.

Equipes mineiras tropeçam na rodada, mas permanecem na parte de cima da tabela.

O fim de semana não foi como os torcedores de Atlético e Cruzeiro planejavam. Na Série A, a equipe alvinegra contou com o apoio de 52 mil torcedores no Mineirão, mas não saiu do empate sem gols contra o São Paulo.


Já na Série B, o líder Cruzeiro acabou saindo derrotado do confronto contra o Guarani em Campinas por 1 a 0. Com isso, a equipe celeste viu a diferença na liderança diminuir na rodada, mas a vantagem ainda é muito confortável.


Agora o foco de ambos está na Copa do Brasil. O Cruzeiro receberá o Fluminense na terça-feira e terá que reverter a vantagem de 2 a 1 dos cariocas para se classificar. Já o Galo vai até o Rio de Janeiro para enfrentar o Flamengo e pode até empatar para conseguir a classificação.


Galo empata com o São Paulo e perde a oportunidade de encostar na liderança.


Em um Mineirão praticamente lotado com mais de 52 mil pessoas, o Atlético apenas empatou contra um desfalcado time do São Paulo e perdeu a oportunidade de encostar no líder Palmeiras, que apenas empatou contra o lanterna Fortaleza na rodada.


A equipe do técnico Antônio Mohamed acabou não fazendo uma grande partida, e mesmo com os inúmeros desfalques da equipe adversária, acertou o gol do goleiro Jandrei em apenas duas oportunidades.


O jogo acabou ficando marcado por algumas possíveis penalidade a favor do Atlético, que acabaram não sendo marcadas pelo árbitro da partida Anderson Daronco. Duas delas envolveram o zagueiro Igor Rabello, mas a mais polêmica foi em cima do atacante Hulk, que não escondeu sua revolta pelo VAR não ter mandado o árbitro de campo conferir o lance no monitor.


O Galo até esboçou uma pressão final, mas acabou parando na boa partida do sistema defensivo da equipe paulista. Com o resultado, o time alvinegro foi para 28 pontos e está no 3° lugar do Campeonato Brasileiro, atrás apenas de Palmeiras (30) e Corinthians (29).


Cruzeiro perde para o Guarani em Campinas mas segue na liderança da Série B.


Pela 17ª rodada da Série B, o Cruzeiro visitou o Guarani e acabou não jogando bem como nas perfomances recentes da equipe. Com isso, a equipe celeste saiu derrotada pelo placar de 1 a 0.


O gol da vitória do Bugre veio logo no começo da partida. Após ótimo cruzamento de Giovanni Augusto, ex-jogador do Atlético, o lateral-direito Matheus Ludke entrou sozinho na área e cabeceou cruzado para o fundo das redes para marcar o gol da vitória do time de Campinas.


A partida também ficou marcada por uma polêmica. Após escanteio cobrado a favor do Guarani, o atacante Lucão do Break cabeceou na trave e no rebote mandou a bola para o gol. Imagens mostram que a bola atravessou a linha, mas o VAR não deu o que seria o 2° gol da equipe de Campinas, alegando que a bola não havia entrado por completo.


Com o resultado, o Cruzeiro viu a distância na liderança diminuir para 4 pontos após a vitória do Vasco sobre o Criciúma, mas se encontra em uma situação muito confortável na competição com relação ao acesso, já que está 13 pontos na frente do 5° colocado, Sport.


Foto: Bruno Sousa/ Atlético

BOA NOTÍCIA GERA NOTÍCIA BOA!

OFERECIMENTO

1/1