Fazenda Paciência é um convite para o descanso a dois

Hotel na zona rural de Santana dos Montes é dica de opção para o Dia dos Namorados, com direito a comida mineira, fondue e muita história.



Já na estrada uma placa explica: “a paciência é a mais heroica das virtudes, justamente por não ter nenhuma aparência de heroísmo”. O pensamento, do poeta e filósofo italiano Giacomo Leopardi, conhecido pelo ceticismo em sua obra, avisa à frente há algo incrível, sereno e tranquilo.


É exatamente o que remete a Fazenda Paciência, para quem busca aconchego e paz nos fins de semana ou feriados. E já que o Dia dos Namorados vem aí, que tal a dica?


Localizada na área rural de Santana dos Montes, a 130 quilômetros de BH (sentido Rio de Janeiro, pela BR 040), é uma das tantas fazendas da região datadas do século 18. Foi adquirida pelo advogado tributarista Vinícios Leôncio há cerca de 20 anos, passou por uma restauração criteriosa até ser inaugurada como hotel em 2022.


Para o Dia dos Namorados, a Fazenda Paciência promete um momento ainda mais especial e romântico aos casaizinhos apaixonados. Haverá um festival de fondue de queijo com pães e vegetais, de carnes e de frutas com chocolate.


Os pratos serão servidos na charmosa Adega Hipólita Jacinta, uma das tantas atrações do local, que remete às Minas Gerais setecentista. Vai ter ainda um show com saxofonista e até passeio de gôndola pelo lago que emoldura a paisagem.


Mas a Fazenda Paciência tem muito mais além desse “evento” de celebração do amor entre os casais (veja algumas atrações nesta página).


Tudo lá foi pensado pelo seu proprietário que nunca mexeu com hotelaria, mas sempre reforça com seus colaboradores. “A gente não entende nada de hotel, mas a gente entende de pessoas”, costuma dizer, de forma irônica, porém sincera.


Leôncio é o tipo de pessoa que todo mundo precisa conhecer. Embora seja um advogado, acostumado com as formalidade da profissão, na fazenda ele dispensa protocolos, mas faz de tudo para agradar aos hóspedes. No restaurante, onde são servidas as refeições, está sempre de mesa em mesa com sua agradável companhia e com seus causos hilários e curiosos. É uma atração à parte.


Foi ideia dele nomear os quartos do hotel. Cada uma das acomodações presta homenagem a um inconfidente, afinal, a fazenda – que pertenceu ao Barão de Queluz no passado do passado – viveu a época do Ouro das Minas Gerais.


As propriedades da região de Santana dos Montes produzia alimentos para abastecer as minas de Ouro Preto e Mariana. Daí a ligação com a turma que queria a independência de Portugal e o fim do “Quinto”.


São 13 apartamentos no total que homenageiam José Álvares Maciel, Cláudio Manoel da Costa, Vitoriano Veloso, José Rezende da Costa (o pai e o filho), Francisco de Paula Freire de Andrade, os padres Rolim e Toledo, além da Manoel Rodrigues, também religioso.


Há também um tributo a Felipe dos Santos que, embora não tenha sido inconfidente do movimento, foi o primeiro a se revoltar contra a Coroa Portuguesa décadas antes. E, evidentemente, há um quarto que se chama Joaquim José da Silva Xavier, nosso Tiradentes – o mais conjurador mais ilustre.


A bela decoração das acomodações ficou a cargo da namorada de Leôncio, a também advogada Maria Cleusa de Andrade. Tudo é de muito bom gosto, que mistura o sofisticado com o rústico, na medida certa.


A gastronomia é outro ponto forte da Fazenda Paciência. Afinal, impossível existir em Minas sem que a comida não seja a atração. Segundo Vinícios Leôncio, em homenagem a cultura afro-brasileira, todos os pratos são de origem africana.


“Moçambique foi o país que mais exportou escravizados para o Brasil e pensando neste resgate, já que estamos falando de uma fazenda que foi dessa época, pensamos os pratos com todo cuidado, mas que remetesse a essa história”, conta.


Os pratos têm nomes de personagens da época. Como o Princesa Aqualtune, que foi avó do Zumbi dos Palmares: leva quiabo, cebola, alho, gengibre, camarão em pó, castanha de caju, dendê e limão.


O café da manhã é daquele de “hotel” mesmo, com todo tipo de quitutes, queijos, biscoitos, frutas e muito mais. O grande fogão a lenha emoldura os pratos no almoço e no jantar. E quem não abre mão do “café da tarde”, a Fazenda Paciência não decepciona. Servidos?

SERVIÇO

Hotel Fazenda Paciência

Local: Paciência, s/n – Zona Rural – Cep 36.430-000 – Santana dos Montes, MG

Telefones de contato: (31) 3726-1247 ou (31) 98489-2355 - whatsapp

https://www.instagram.com/hotelfazendapaciencia/


Fotos: Lu Rezende/ Léo Lara



BOA NOTÍCIA GERA NOTÍCIA BOA!

OFERECIMENTO

1/1