Grande Hotel Termas de Araxá, uma nova proposta de hospitalidade

Reposicionamento para o segmento de alto padrão no turismo busca oferecer  vivências inéditas de autocuidado e mudança do estilo de vida aos hóspedes.


Fotos: Agência Tempo


Uma hospedagem que cuida do corpo, da mente e da alma.  Com novo posicionamento de mercado, o Grande Hotel  Termas de Araxá retoma as suas origens e volta a ser um  espaço de refúgio para quem busca experiências terapêuticas.  Reconhecido há décadas pelas propriedades medicinais do seu  solo - de onde nascem as suas termas -, o hotel reabre as portas  e valorizando ainda mais os elementos da cultura, história e  memória afetiva do local. Ainda se torna um empreendimento  para o turismo de bem-estar de alto padrão no País.


Com localização privilegiada em relação aos grandes  mercados nacionais (São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília,  Goiânia e Belo Horizonte), Araxá é um polo turístico  importante e valorizado pelas suas águas medicinais que  mostram seu poder para banhos alternativos, massagens  relaxantes e tratamentos estéticos. A cidade conta com  aeroporto e o Grande Hotel - localizado a 4,5 quilômetros do  centro da cidade, possui dois helipontos.


O hotel, cuja arquitetura é assinada por Luiz Signorelli, e o  complexo termal estão situados no Parque dos Barreiros, em  uma área verde de 400 mil m² com os jardins projetados por  Roberto Burle Marx que convidam ao silêncio, mindfulness e  autocuidado. Administrado pelo Grupo Tauá desde 2010, um  dos maiores players da rede hoteleira do Brasil, o Grande Hotel  Termas de Araxá recebeu R$ 10 milhões em investimentos  para atender a hóspedes que enxergam o luxo como consumo  de bem-estar. É um resgate às origens do Grande Hotel Termas  de Araxá que nasceu inspirado nas casas de banho romanas e se tornou na década de 1940, um ambiente de autocuidado e  cura para turistas de todo o Brasil e inclusive de outros países.


Fotos: Agência Tempo

Após reformulação dos serviços nas termas, restaurantes  e cardápios, mudança de enxoval e treinamento das equipes, o hotel passa a oferecer serviços de alto padrão.


O gerente geral do hotel, Diogo Villalobos trouxe toda  experiência das unidades Fasano. A Governanta veio do  Copacabana Palace e os chefs de cozinha do Sofitel. O novo  padrão de serviços em hotelaria busca sincronizar com a  oferta de uma hospedagem que explore terapias variadas.


Riqueza Natural


Foto: Agência Tempo


Na prática, os hóspedes poderão usufruir ainda mais da  riqueza natural e curativa do local, principalmente as águas  mineralizantes, sulfurosas e lamas medicinais de origem  vulcânica. Todos os serviços e experiências sensoriais e  terapêuticas devem ser agendados previamente. 


Em esquema de soft opening, inicialmente estão disponíveis  apenas 50 dos 170 quartos. As acomodações mesclam o  clássico com o contemporâneo em suítes que foram palcos  de fatos históricos. São sete tipos de quartos, mas todos  contam com enxoval 300 fios 100% algodão egípcio, toalhas  100% algodão e mobiliário histórico, feitos pelos melhores  fabricantes de móveis da época. A hospedagem inclui meia  pensão com café da manhã e almoço à partir do segundo dia  de hospedagem até o dia de saída. Jantar e bebidas são pagos à parte.


Estão propostos variados programas de relaxamento e bem- estar que podem ser de 1, 3 ou 5 dias. Dentre as atividades das  jornadas de hospedagem estão o usufruto das propriedades  medicinais das águas, aromaterapia, respiração guiada, oficina  de pintura de mandalas, meditação, alongamento, yoga,  massagens e banhos diversos como o famoso banho de lama  negra. Também serão oferecidos Watsu (terapia corporal  praticada em água aquecida), oficina de chás, sucos e florais,  além de barra de access (técnica energética e corporal), dentre  outras experiências.


Outro propósito do novo conceito é valorizar ainda mais os  produtos locais. Na butique do hotel, serão comercializados  doces típicos e artesanatos da região. Na gastronomia, os  cardápios foram elaborados para priorizar ingredientes de  origem, mas a sofisticação fica a cargo de chefes renomados  para proporcionar uma experiência de sabor. Nos restaurantes,  de refeições leves à refinadas. Na mesa de antepastos, uma  seleção de pequenas delícias para comer com as mãos. Nos  bares, jantares descontraídos regados à vinhos, coquetéis  clássicos e drinks autorais, inclusive.


Fotos: Agência Tempo

Serviço:


Posts recentes

Ver tudo

Per Lui