Grupo Pardini e Grupo Fleury se unem para formar uma das maiores empresas de saúde do Brasil

Somadas, as companhias geram Receita Bruta anual de R$ 6,4 bilhões.


O Grupo Fleury e o Grupo Pardini acabam de anunciar uma novidade que promete movimentar o setor da saúde no Brasil, uma parceria de negócios entre as duas companhias que deve gerar uma das maiores empresas desse segmento no país.


Ao todo, os dois grupos, somam 487 unidades de atendimento em 13 dos principais polos econômicos do Brasil e 6,6 mil clientes lab-to-lab distribuídos por grande parte do território nacional. Isso significa que a operação é destaque, não apenas pela complementaridade de negócios, mas também pelos serviços e atuação geográfica.


A parte financeira/econômica é outro destaque da união. Afinal, a Receita Bruta combinada das duas companhias, considerando o exercício de 2021, atinge R$ 6,4 bilhões. Adicionalmente, há relevantes ganhos nas frentes de otimização da eficiência produtiva e logística, negociação com fornecedores, assim como na ampliação da oferta do portfólio de produtos nos mercados em que atuam.


O Grupo Fleury e o Grupo Pardini Pardini, empresas de referência em medicina diagnóstica, processam 248 milhões de exames anualmente por meio de 39 marcas, presentes nos mercados de São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Rio Grande do Sul, Paraná, Goiás, Bahia, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Pará, Maranhão, além do Distrito Federal.


A presença nesses polos econômicos vem acompanhada de credenciamento com operadoras de saúde nos segmentos premium, intermediário e básico, trazendo grande diversificação de oferta e mercados atendidos. O grupo de profissionais totalizará 20,8 mil colaboradores e aproximadamente 4,3 mil médicos.


Com essa transação é esperado, para cada ação do Pardini, o recebimento de 1,2135 ação ordinária de emissão de Fleury e de uma parcela de R$ 2,15 em dinheiro, totalizando o valor do negócio em R$ 2,5 bilhões.


Na avaliação de Jeane Tsutsui, presidente do Grupo Fleury, essa união coloca as duas empresas em um outro patamar de relevância no mercado brasileiro, impulsionada pela tácita soma de competências e de posicionamento de negócios construídos ao longo de suas respectivas trajetórias. “É extremamente notável a potência da complementaridade que essa união gera. Cada uma das empresas se estabeleceu de forma destacada nos seus mercados de atuação e agora consolidam essas forças em uma única companhia para assumir uma posição de grande relevância no setor de saúde do nosso País”, afirma. “Essa combinação carrega atributos de diferenciação muito singulares, com potencial de aumentar ainda mais a velocidade do nosso crescimento em razão dos ganhos que observamos em todas as dimensões que um negócio como esse proporciona”, complementa.


Para o Presidente do Grupo Pardini, Roberto Santoro, a união das empresas também potencializa o compartilhamento de tecnologia diagnóstica entre as duas companhias, com visões e entregas que se somam. "São negócios que têm a medicina diagnóstica como core, mas com competências complementares. Teremos sinergia em questões relevantes como atendimento, práticas inovadoras de automação laboratorial, logística, inteligência artificial e experiência digital. Juntos, seremos ainda mais consistentes e relevantes para nossos clientes e o mercado”, afirma.


As Companhias estimam que a combinação dos negócios de Fleury e de Pardini gere um incremento anual de EBITDA da companhia combinada entre R$160 milhões e R$190 milhões.