Hospital da Baleia é referência em oncologia ginecológica em Minas

Número de procedimentos fica bem acima das demais unidades de Minas Gerais nos quatro primeiros meses do ano



O Hospital da Baleia, instituição filantrópica que atende, majoritariamente, pacientes via Sistema Único de Saúde (SUS), se tornou referência em Saúde no estado de Minas Gerais, inclusive no atendimento à saúde da mulher. É o que aponta os dados, divulgados pelo Ministério da Saúde.


De acordo com o documento, o Hospital da Baleia é a unidade que mais realizou procedimentos ginecológicos nos primeiros quatro meses de 2022, ao todo foram realizados 341 procedimentos. Para se ter uma ideia, o número representa mais que o dobro dos atendimentos realizados pela unidade de saúde que ficou em segundo lugar no ranking.


O Banco de Dados Nacionais dos Sistemas de Informação Ambulatorial e Hospitalar é uma base pertencente ao Ministério da Saúde que é utilizada em todo o Brasil. De acordo com a pasta, atualização dos números pelas unidades de saúde é obrigatória.


O Coordenador da Ginecologia do Hospital da Baleia, Maurício Bechara Noviello afirma que esse número se deve à expertise da equipe no que tange experiência, agilidade e número de profissionais envolvidos, além de mutirões cirúrgicos realizado no início do ano. “Atendemos uma média de 1.500 mulheres nos ambulatórios e realizamos em torno de 180 cirurgias mensalmente, sendo que recebemos casos de média a alta complexidade”, afirma o médico. 


“Cuidar da saúde da mulher, por meio da assistência ginecológica é mais que uma responsabilidade do nosso corpo clínico, é um compromisso com a vida de centenas de mulheres”, completa.