top of page

Instituto Localiza anuncia investimentos a projetos de inclusão produtiva e empreendedorismo

Ações em 20 estados do País recebem, em 2023, cerca R$ 3,3 milhões em aporte financeiro para implementar iniciativas voltadas a jovens em situação de vulnerabilidade.


Foto: Divulgação CC/ Instituto Localiza


O Instituto Localiza vai beneficiar, neste ano, 23 novos  projetos de inclusão produtiva e  empreendedorismo voltados a  jovens brasileiros em situação de vulnerabilidade social. As iniciativas estão espalhadas por 20 estados, além de um ter abrangência nacional, e vão receber entre R$ 100 a R$ 200  mil cada.


No total são R$ 3,3 milhões,  distribuídos em aportes trimestrais para as instituições executarem os  projetos apresentados.


Os projetos selecionados estavam dentre os classificados no  edital Juventude em Movimento,  publicado em 2021, ano que  marcou o lançamento do Instituto  e que estabeleceu a parceria com  24 projetos em um total de R$ 2,5  milhões investidos. Por meio desta  nova rodada de análise técnica,  o Instituto apoiará iniciativas  que atenderão cerca de 2.500  jovens com capacitação técnica  e oportunidades de inclusão  produtiva.


“Além do apoio financeiro, nós  acompanhamos as iniciativas  escolhidas ao longo de todo o ano  para compartilharmos experiência,  estimular o voluntariado e  fortalecer as práticas de gestão das  organizações parceiras. Acreditamos  que a partir da união de pessoas,  vamos ajudar os nossos jovens e  contribuir para a transformação  social que desejamos”, explica o  presidente do Instituto Localiza,  Marco Antônio Martins Guimarães.


Entre os selecionados estão o Instituto Homem Pantaneiro  (IHP), que trabalha na formação de  condutores de turismo para atuar  na rede local receptiva de visitantes  das Unidades de Conservação da  Rede da Serra do Amolar, localizada  no pantanal sul mato-grossense. Já  o Centro Educacional Profissional  do Coroadinho, no Maranhão,  capacita pessoas em gastronomia  para atuarem no mercado de  trabalho local. No Norte e Nordeste,  o projeto Salve um Negócio -  Jovem Empreendedores - promove  a atuação de empresas juniores  junto a pequenos negócios locais  geridos também por jovens para  potencializar resultados.


O Instituto também atuou em  projetos desenvolvidos com áreas  internas e parceiros da Localiza, como o programa ‘Na Rota’, com a Central de Reservas da Companhia, com o objetivo de promover a capacitação e contratação de moradores das comunidades  vizinhas à sede, no bairro Cachoeirinha, em Belo Horizonte (MG), para funções de atendimento ao cliente. 


A entidade também apoiou  o Localiza Labs para o projeto Garota Tecnológica, que mobiliza  alunas de escolas públicas para um  projeto voltado à aprendizagem em  tecnologia, e o “Mulheres na Cor”  da AkzoNobel, - que promoveu  a capacitação de mulheres em  situação de vulnerabilidade para  a prática da pintura automotiva no  ABC Paulista, segmento ocupado majoritariamente por homens.


Foto: Divulgação CC/ Instituto Localiza

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page