Minas supera marca de 514 mil postos de trabalho com carteira assinada



Minas Gerais vem fortalencendo sua economia e já ultrapassou a marca de 514 mil postos de trabalho formais. É o que aponta os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados nesta terça-feira, 28, pelo Ministério do Trabalho e Previdência.  


Em maio, pelo 4º mês consecutivo, o Estado também manteve saldo positivo na geração de empregos, com 29.970 oportunidades. No acumulado do ano, já são 108.747 vagas CLTs disponibilizadas aos mineiros. 


Com a consolidação dos dados do Caged, desde janeiro de 2019 até maio deste ano, Minas Gerais já garantiu a geração de 514.740 vagas com carteira assinada, resultado da admissão de 8.585.138 trabalhadores e do desligamento de outros 6.260.398 neste período.


Esse resultado é extremamente importante, após saldo negativo de 1.014 vagas de empregos formais registrado em 2020, consequência da crise provocada pela pandemia de covid-19, houve uma recuperação no mercado mineiro de trabalho no ano passado, com saldo positivo de 309.287 vagas. 


"O cenário otimista projetado para a economia de Minas Gerais em 2022 vem se confirmando com a sequência de resultados positivos de geração de empregos. Observa-se o contínuo crescimento das contratações e das atividades de produção e consumo, sobretudo nos setores de indústria, serviços e comércio", afirmou Amanda Siqueira Carvalho, diretora de Monitoramento e Articulação de Oportunidades de Trabalho da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedese) 


BOA NOTÍCIA GERA NOTÍCIA BOA!

OFERECIMENTO

1/1