Nova Lima paga Prêmio Ideb a servidores da educação

No total, foram pagos mais de R$ 4 milhões a 1.524 servidores.


Nesta segunda-feira, 1, o Governo Municipal realizou o pagamento do Prêmio Ideb, referente ao ano de 2019, para os servidores da educação. O incentivo corresponde a até dois salários mínimos, pagos conforme alcance das metas definidas pelo Ministério da Educação, por parte das escolas e do município. No total, foram pagos mais de R$ 4 milhões a 1.524 servidores.


O Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) é o principal indicador de qualidade da educação brasileira. É calculado com base em dados de aprovação nas escolas e de desempenho dos estudantes no Sistema Nacional de Avaliação da Educação Básica (Saeb), que avalia, com notas de 0 a 10, os conhecimentos dos estudantes em língua portuguesa e matemática.


O pagamento do Prêmio Ideb é concedido, de acordo com os seguintes critérios:


1 - Unidade de ensino: se a escola municipal alcançou/superou a meta estipulada ou ultrapassou sua nota na avaliação anterior, todos os servidores desta unidade e dos centros de educação infantis de sua referência recebem um salário mínimo. Também está sendo pago aos servidores do Centro Psicopedagógico (CPP), Escola Ana do Nascimento Souza de Educação Especial e da própria Secretaria Municipal de Educação se mais da metade das escolas avaliadas alcançaram ou superaram suas respectivas metas;


2 - Metal global: se o município alcançou ou superou sua meta global, todos os servidores da rede municipal de ensino também têm direito ao benefício, incluindo dos centros de educação infantis, Centro Psicopedagógico (CPP), Escola Ana do Nascimento Souza de Educação Especial e da própria Secretaria Municipal de Educação;


Para o prefeito João Marcelo Dieguez, a medida mostra uma abertura ao diálogo com os servidores, que se esforçam todos os dias pela educação de Nova Lima. “Além de cumprir um compromisso assumido pelo Governo Municipal, o Prêmio Ideb é uma importante conquista que valoriza o trabalho realizado na educação da cidade. E mais que isso: ele reflete, diretamente, na melhoria da qualidade do ensino das nossas crianças”, ressalta o prefeito.


No pagamento de agosto, além dos servidores lotados nas escolas que bateram a meta ou superaram sua própria nota em relação à avalição anterior, como o município alcançou 6.9 na nota global, ultrapassando o estipulado, estão sendo contemplados ainda servidores em exercício naquele ano em creches, centros de educação infantis, Centro Psicopedagógico (CPP), Escola Ana do Nascimento Souza de Educação Especial e da própria Secretaria Municipal de Educação, independentemente do cargo, tomando como referência o dia de realização das avaliações.


O benefício, implantado por meio da Lei Municipal 2.907/2022 de iniciativa do Poder Executivo, está sendo concedido a cada dois anos, periodicidade com que são divulgadas as notas. A partir da regulamentação, toda vez que as escolas e o município se destacarem no Ideb, os servidores serão premiados, com exceção de 2021, devido a restrições impostas pela legislação federal.


Esse incentivo era ansiosamente aguardado pelos servidores da rede. Segundo o secretário de Educação, Pedro Dornas, é uma grande conquista viabilizada pelo Governo Municipal. “Agora temos uma legislação que está acima da decisão política de qualquer governo em estabelecer o reconhecimento que o servidor da educação merece, diante do trabalho que desempenha com muita dedicação”, reforça o secretário.