O Dia V

O mundo e a vida são repletos de opções e escolhas. Delas dependem as consequências e este tal de futuro que não podemos planejar, mas construir hoje


V de Vamos. V de Votar. V de Vencer e de Vitória! Se esta coluna fosse ilustrada, aqui estaria a famosa foto de Winston Churchill (1874-1965) fazendo com os dedos o V da Vitória na Segunda Guerra Mundial contra o Nazismo (Nacional Socialismo).

A previsão do tempo para o domingo, dia 2 de outubro de 22: “Em Belo Horizonte, o sol aparece, as temperaturas sobem, mas há previsão de chuva à tarde”.

Coisas da Primavera, lembrando a Primavera de Praga (1968) e a Primavera de Pequim (1977 e 1978): revoltas por mais liberdade, no regime comunista. O que lembra também a Primavera Árabe (2011), revoluções em série provocadas pela crise econômica e falta de democracia.

Deve ser horrível morar num país onde exista comunismo, autoritarismo, crises econômicas, políticas e falta de democracia!

V de Vida e de Viva a Liberdade!

Então, mesmo com previsão de chuva à tarde, Vamos Votar de manhã ou levando um guarda chuva.

É Primavera! As perigosas chuvas de Verão e as águas de março ainda estão longe. Então, aproveitemos que o Brasil não tem furacões, como o “Ian” que acaba de destruir a Flórida, nos Estados Unidos e Votemos!

É Primavera. E não moramos na Alemanha, Dinamarca etc., que dependem do gás russo. Gás que vai faltar, em pleno Inverno, principalmente depois da sabotagem, esta semana, nos oleodutos “Nord Stream”, focos de crescente e frequente guerra energética entre a Rússia e países europeus. Ufa! Que alívio, não é mesmo?

Como é bom morar num “País Tropical, abençoado por Deus e bonito por natureza”. Bonito, rico, forte e poderoso.

Vamos Votar porque ainda bem que não moramos na Rússia, nem na Ucrânia. E nem na Finlândia – o país mais feliz do mundo, segundo a ONU – que acaba de fechar suas fronteiras para turistas russos que não são turistas, são russos fugindo da guerra contra a Ucrânia.

Ainda bem também que não moramos nas geladas Dinamarca e Islândia, que estão em segundo e terceiro lugares entre os países mais felizes do mundo. O Brasil Tropical está em 38º...

Vejam que importante eleição à vista! Vejam como vai o Brasil e o mundo. Melhor! Vejam como as eleições do dia 2 de outubro são cruciais. Elas vão escolher não só o Presidente da República, como mais um senador; vários deputados estaduais e federais por e para Minas Gerais. Ops! Até rimou.

Que delícia de dever cívico!

Dia V de Vestir Verde e amarelo por fora, mas principalmente por dentro. Aproveitemos que podemos vestir o que bem quisermos. Não temos a Ira do Irã, onde uma mulher de 22 anos morreu por não usar o véu islâmico como deveria. As manifestações lá, contra este absurdo, já provocaram mais de mil prisões e mais de outras 75 mortes.

Viva a Liberdade de novo e sempre!

V de Vamos aproveitar que nossa inflação está mais baixa que a dos Estados Unidos, pela primeira Vez e que não precisamos fazer manifestações e greves contra o regime de aposentadoria em meio à alta de preços e salários baixos na França.

É claro que ainda temos enorme desigualdades, mas outras reformas virão.

Ainda bem que não estamos na Argentina que Vive em crise, como outros Vizinhos.

E podemos ir Votar a pé ou de carro porque, vocês viram o preço da nossa gasolina comparado aos preços pelo mundo?

E por falar neste mundo vasto mundo; lembremos a famosa frase do filósofo irlandês, Edmund Burke (1729-1797): “Um povo que não conhece sua História está fadado a repeti-la”. Que não conhece ou não quer conhecer, no caso do Brasil...

E mais esta, do mesmo Burke: “Não se pode planejar o futuro pelo passado. Ninguém comete erro maior do que não fazer nada porque só pode fazer um pouco. Para o triunfo do mal só é preciso que os bons homens não façam nada”.

No Brasil, com mais rima e humor, temos o Millôr (1923-2012): “O Brasil tem um enorme passado pela frente”. Ou seja, o grande problema do Brasil é que na frente do nosso futuro está o passado. E passado recente. O grande desafio do nosso futuro é o nosso passado. E o passado condena e prende.

Queridas e caros. Para finalizar, o mundo e a vida são repletos de opções e escolhas. Delas dependem as consequências e este tal de futuro que não podemos planejar, mas construir hoje.

Hoje ou dia 2 de outubro escolhendo: Desordem ou Progresso!


Bons Votos e Viva o Brasil!