Primeiro El Turco, agora El Chaco: Atlético acerta contratação do argentino Eduardo Coudet até 2024

Substituto de Cuca no comando do time já treinou o Internacional de Porto Alegre no Brasil, mas seu último clube foi o Celta de Vigo, na Espanha

Eduardo Coudet e Rodrigo Caetano: é o segundo técnico argentino contratado pelo Galo em menos de um ano (Goto: Atlético / Divulgação)


O argentino Eduardo Coudet, de 48 anos, é novo técnico do Atlético, em substituição a Cuca, que anunciou sua saída na semana passada. Com passagens pelo Internacional, de Porto Alegre, e Celta de Vigo, o profissional assinou com o Galo até 2024.

As negociações começaram há mais tempo, mas somente neste sábado o clube anunciou oficialmente o negócio. O diretor de futebol, Rodrigo Caetano e o gerente de futebol, Victo Bagy estão em Buenos Aires e registraram as primeiras imagens com “El Chacho”.

Como treinador, Coudet já foi campeão da Liga Argentina e do Troféu dos Campeões pelo Racing. Dois auxiliares técnicos (Ariel Broggi e Diego Monarriz) virão com o treinador, além de um preparador físico (Octávio Manera), um auxiliar de preparação física (Guido Cretari) e um analista de desempenho (Carlos Miguel Fernández).

A comissão técnica permanente continua, com Cristiano Nunes, coordenador de preparação física, Rogério Maia, treinador de goleiros e Gustavo Nicolini, coordenador de Análise de desempenho, além dos demais integrantes.

Eduardo Germán Coudet é natural de Buenos Aires. Começou sua carreira de treinador em 2015, no comando do Rosario Central, da Argentina, onde levou a equipe a dois vice-campeonatos da Copa da Argentina, em 2015 e 2016, e às quartas de final da Libertadores de 2016. No ano seguinte, dirigiu o Tijuana, do México.

Nas redes sociais, o Atlético comemorou a contratação. Coudet até gravou um vídeo com uma curta mensagem para a torcida. Assista:



Vingadoras campeãs


O Atlético Feminino conquistou neste sábado, 19, o tricampeonato mineiro, ao vencer o Cruzeiro nos pênaltis. A partida foi disputada no Mineirão, nesta manhã. No empo normal o jogo terminou 1 a 1, mas as Vingadoras superaram as atletas do Cruzeiro por 4 a 1 na disputa.

Nath Fabem abriu o placar para o time alvinegro aos 35 minutos do segundo tempo, completando cruzamento rasteiro de Jayanne pela direita. Nos acréscimos, o rival empatou a partida com gol de Mari Pires. Antes do gol, de empate, Jayanne completou para o gol após cobrança de falta da intermediária e a bola, aparentemente, atravessou toda a linha do gol, mas a arbitragem não validou o tento.

Vingadoras são tricampeãs mineiras (Foto: Atlético / Divulgação)

Posts recentes

Ver tudo

Per Lui