top of page

Somattos Engenharia

Prática de boa governança é desafio para construtoras comprometidas com a sustentabilidade

Somattos Engenharia, sediada em Belo Horizonte, implantou plano de ações em 2022 visando agenda positiva de ESG

Bastante difundida no meio empresarial, a sigla ESG vem da expressão em inglês “Environmental, Social and Governance”, que diz respeito à governança ambiental, social e corporativa. A implementação desta agenda implica que empresas comprometidas com metas de sustentabilidade trabalhem em prol de alcançar objetivos sociais e ambientais relevantes para o bom funcionamento da economia global.

A própria Conferência das Partes-27 (COP-27), promovida pela ONU entre 7 e 18 de novembro deste ano, no Egito, destacou ações que devem ser tomadas por governos, e também pelas empresas e indústrias, para implementar medidas sustentáveis, tendo em vista a preservação do meio-ambiente e a redução da emissão de gases de efeito estufa, que geram forte impacto no aumento da temperatura da Terra.

Para ter papel relevante nessa tendência de preservação global, empresas de todos os setores buscam adaptar-se a essa realidade inclusiva e preservacionista. A Somattos Engenharia é uma delas. Para isso, passou a adotar, em 2022, o plano “Ações para Sustentabilidade”, que detalha as metas que devem ser atingidas ao longo do ano visando a redução do consumo de água, energia e resíduos.

“Agir de maneira respeitosa, correta e transparente faz parte dos valores da empresa, desde sua fundação, em 1976”, destaca o diretor técnico Bernardo Mattos. “Dessa forma, buscamos sempre nos adaptar às novas exigências ambientais e trabalhamos para diminuir os resíduos poluentes em nossas obras. Também atuamos para que tanto nosso canteiro de obras quanto os apartamentos construídos utilizem materiais que permitam fazer um uso racional de água e energia”.

Com relação à diminuição de resíduos, o objetivo da empresa foi plenamente atingido em 2022. “Em todas as nossas obras, o transporte, a triagem e a destinação final dos resíduos foram inteiramente realizados por empresas aprovadas pelos órgãos ambientais municipais e estaduais”, diz Bernardo.

Já na esfera das ações sociais, os parâmetros das “Ações para Sustentabilidade” incluem boas práticas de trabalho, respeito aos direitos humanos e envolvimento com a comunidade. “Valorizamos nossos colaboradores e estamos atentos às suas demandas por meio de pesquisas de satisfação quanto à qualidade de vida nas instalações dos canteiros de obras, por exemplo. A resposta foi extremamente satisfatória”, comenta o diretor técnico.

Ele destaca, ainda, que a empresa adota rígido controle para combater o trabalho infantil e contribuir para a erradicação do trabalho análogo à escravidão, estendendo essas preocupações para todas as empreiteiras com as quais atua. Também são adotadas, sistematicamente, práticas que procuram minimizar as reclamações de vizinhos quanto aos impactos causados pelos empreendimentos. “Realizamos vistorias rotineiras e adotamos um relatório de segurança fazendo avaliações sobre emissão de ruídos, poeira e trânsito”.

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page