Três décadas de empreendedorismo

Por: Cris Miranda


CEO do Grupo Hudson, tradicional na capital mineira e em Nova Lima, celebra em julho um ano da loja física e faz planos para 2023.



A história do Grupo Hudson começa em 1992 quando a sócia proprietária Renata Faria acalentava o desejo de ter seu próprio negócio. Atuante no mercado de importação, usou sua expertise para abrir as primeiras lojas do grupo no Rio de Janeiro e em São Paulo.

Mas, foi a partir de 2001 com a primeira edição do Bazar Hudson que a marca passou a ser conhecida e admirada pelos mineiros. Com três décadas de existência, o grupo inaugurou no ano passado sua loja física em Lourdes, bairro nobre da capital mineira.

Nesta entrevista ao CIDADE CONECTA, a CEO conta sobre o início da jornada do Grupo Hudson e as perspectivas para o ano que vem.


O Grupo Hudson comemora 30 anos de existência. Como tudo começou?


O Grupo Hudson comemora agora, no mês de junho de 2022, 30 anos de existência. Iniciamos as atividades no Rio de Janeiro, logo que a economia foi aberta para importações. A loja era em Ipanema e vendíamos produtos para casa e cozinha. A loja deu certo e logo expandimos, abrindo mais unidades no Rio de Janeiro e, posteriormente, em São Paulo. Mais tarde me mudei para Belo Horizonte, onde tive a oportunidade de focar no atacado passando a vender para lojistas de todo o Brasil. E até hoje esse é o maior negócio do grupo. Com o aumento da demanda, optamos em seguir somente com o atacado naquele momento. Em 2001, decidimos fazer nosso primeiro bazar e foi um evento pequeno, com o objetivo de vender produtos importados com pequenos defeitos que não conseguíamos nem retornar e nem vender para os lojistas. O primeiro evento foi um sucesso e o Bazar foi só crescendo e passando a ser um outro negócio do grupo. Hoje o Bazar se consolidou e recebemos em torno de 15 mil pessoas por evento e, além de vendermos os produtos com leves defeitos, também vendemos todos os produtos de casa e cozinha com preços de atacado, porém para o consumidor final. Outro negócio do Grupo Hudson é o nosso e-commerce (www.hudsonstore.com.br) e o negócio mais novo que irá completar um ano é a loja física que foi aberta em julho de 2021 – onde marca o nosso retorno ao varejo, com uma loja física, onde tudo começou.


Qual foi o momento que vocês decidiram migrar para loja física?


Por termos ficados impossibilitados de realizar o Bazar durante a pandemia e já contando com toda a nossa estrutura on-line, o que faltava para sermos omnichannel era a loja física. Com isso, no início de 2021, procuramos um ponto e iniciamos a obra para abrir a loja, inaugurada em julho de 2021. A loja é a nossa origem, como tudo começou há 30 anos, então sinto um enorme prazer em voltar a ter esse contato com o cliente final no dia a dia.


Com a loja física, vocês ampliaram e diversificaram ainda mais a clientela?


Sim, com certeza. Com a loja física temos a oportunidade de ter um local físico funcionando o ano inteiro, para aqueles clientes que já nos conhecem e confiam no nosso produto e, ao mesmo tempo, é uma porta aberta para novos clientes para o negócio como um todo. Nós somos referência no mercado, pois vendemos produtos diferenciados e com qualidade superior, termos uma loja aberta o ano todo traz facilidades para quem busca esses requisitos no processo de compra. A empresa trabalha com marcas consolidadas americanas e europeias como também fazemos uma curadoria de produtos nacionais para complementar a nossa linha, oferecendo o melhor de casa e cozinha para nossos clientes.


Foi um desafio essa transição de abrir uma loja física?


Não senti como um desafio a transição, porque como falei, iniciamos o negócio do grupo como loja física. Mas, com certeza, não foi simples. Começar tudo novamente, montar um time novo, escolher um bom ponto comercial, trabalhar num projeto que pudesse ser também uma semente para desenvolvimento de franquias futuras. Enfim, tudo isso é uma dedicação e trabalho que todos nós dedicamos muito para fazer acontecer.


Quais os projetos para 2023?


Atualmente a estratégia da empresa para o atacado é o fortalecimento dos nossos produtos em grandes redes de supermercado. O Grupo Hudson é uma empresa que possui um investimento de capital estrangeiro, nosso principal acionista é o grupo Fakelmann, um grupo alemão de grande relevância por ser um dos maiores fabricantes e distribuidores de produtos do seguimento de utilidades domésticas/housewares para supermercados. O grupo Fakelmann conta com subsidiárias nos cinco continentes. Também é importante pontuar que estamos sempre atentos às novidades e aos lançamentos ligados ao nosso seguimento. Sempre comprometidos a trazer produtos inovadores que tragam praticidade e modernidade para o dia a dia dos nossos clientes. Esse é um princípio para o nosso portfólio de produtos para todos os nossos canais, atacado, loja física e loja on-line.


Após a pandemia, muitas empresas tiveram que se adaptar para vendas on-line e continuaram após passado o pior momento. Como foi esse período para vocês? Quais aprendizados?


Antes da pandemia, nós já tínhamos toda a estrutura de vendas on-line, já tínhamos nosso e-commerce com todos os produtos voltado ao público final. Então, quando tudo parou, fomos muito ágeis e conseguimos inclusive fazer bazares on-line, apesar de não ser a mesma experiência para o cliente em relação a vir no bazar físico. Ainda este ano, estamos lançando nosso e-commerce B2B voltado para os lojistas de todo o Brasil. Uma oportunidade para os lojistas comprarem os nossos produtos diretamente, de forma simples e ágil. Um grande aprendizado que tivemos é que não é tão simples atrair clientes para o on-line e proporcionar uma boa experiência quando você tem mais de 3000 produtos sendo vendidos. O que temos feito agora é focar em melhorias contínuas no site, nos colocando no lugar do cliente e procurando trazer o que temos de melhor para ele no on-line. Estamos também investindo em marketing digital, influenciadores para termos um alcance maior e nos tornamos conhecidos no Brasil todo para o consumidor final.


FOTO / Divulgação CC / Grupo Hudson

BOA NOTÍCIA GERA NOTÍCIA BOA!

OFERECIMENTO

1/1