Um novo urbanismo para o Vale do Sereno

Projeto da iniciativa privada transforma a paisagem do bairro e o torna mais “caminhável” com calçadões, circuito de trilhas ecológicas e museu a céu aberto.



Em uma proposta ousada e pioneira, o bairro Vale do Sereno, em Nova Lima, será transformado em um local que incentive seus moradores a mudarem seu estilo de vida com muito bem-estar e qualidade de vida. Desenvolvido dentro do conceito do “Novo Urbanismo”, a requalificação do Vale do Sereno é uma iniciativa privada que tem como um dos seus idealizadores o engenheiro arquiteto, André Pessoa Ayres.


Para o designer urbanístico e morador do bairro, o Vale do Sereno tem em sua essência ser um local de qualidade de vida, “essa é a marca, a vocação do local”. Nesta entrevista ao CIDADE CONECTA ele traz mais detalhes sobre esse projeto que será um marco em novos modelos de urbanização.


Como surgiu a ideia de fazer a revitalização do Vale do Sereno?


Depois da consolidação do vizinho Vila da Serra, o Vale do Sereno era naturalmente o próximo bairro para a expansão imobiliária. Como engenheiro arquiteto, designer urbano e morador, enxergava as falhas urbanísticas dos bairros vizinhos e via um grande potencial no Vale do Sereno, para desenvolver um novo modelo de urbanização.


Quem está à frente desse projeto?


A Vale do Sereno empreendimentos, consórcio das empresas que urbanizaram o bairro em sua fase inicial, que agora se une a várias outras incorporadoras que aderiram ao projeto de revitalização do bairro, com o intuito de oferecer para o morador uma estrutura completa e sustentável em um só lugar.


Por que a escolha do Vale do Sereno?


Por ser um bairro novo, com menos de 20% de área urbana construída e cercado por milhares de m2 de natureza preservada, rica em fauna e flora.


Quais as características do “novo” bairro?


O projeto, que é pioneiro no estado de Minas Gerais, está ancorado nas bandeiras do “Novo Urbanismo”, cujo objetivo principal é ter o planejamento urbano de um local construído e pensado para as pessoas e do Urbanismo Sustentável, que busca promover bem-estar e qualidade de vida aos habitantes de um determinado lugar. Além disso, a proposta é resgatar a centralidade, proporcionando aos moradores a condição de morar, trabalhar, estudar e se divertir num mesmo lugar.


De onde vem esse conceito e o que significa?


O conceito do “Novo Urbanismo” surgiu nos Estados Unidos na década de 1980 e tem por objetivo fazer de um determinado local um ambiente fluido e plural, pensado para que o pedestre faça grande parte ou todas as atividades a pé, tudo a uma caminhada de distância. É nada mais do que construirmos e vivermos em uma cidade melhor e mais sustentável.


Quando começam as obras? E quando os moradores terão esse “novo” Vale do Sereno?


As obras já iniciaram com as trilhas ecológicas e, de agora em diante, dentro dos próximos dois a três anos várias intervenções serão realizadas para proporcionar mais qualidade de vida para quem já vive no Vale do Sereno e para quem ainda virá para a região, já que o bairro ainda é bem novo, com menos de 20% de sua área urbanizada.


Quais obras serão realizadas?


Construção de trilhas ecológicas, praças, travessas, fontes, anfiteatro, calçadões em pontos estratégicos do bairro com o objetivo de incentivar os moradores a resolver as coisas do dia a dia caminhando, a pé.


O que esse projeto significa para Nova Lima e região e, claro, para Belo Horizonte?


É uma virada de chave, no que diz respeito ao modelo de urbanização e crescimento sustentável das cidades. Uma solução que visa proporcionar uma nova maneira de viver melhor, aproveitando os espaços públicos e fazendo praticamente tudo a pé, a uma caminhada de casa. É a iniciativa privada investindo nos espaços públicos, pensando fora dos muros dos empreendimentos e consequentemente trazendo mais valorização para a região.


FOTO / Arquivo Pessoal


BOA NOTÍCIA GERA NOTÍCIA BOA!

OFERECIMENTO

1/1