Um verdadeiro show de carros antigos no Tauá Grande Hotel de Araxá

Hispano-Suiza Carroceria Fiol Barcelona 1927, Horch Limousine 951ª de 1939 e Rolls Royce Phantom III V12 conquistam as principais premiações do encontro.



Principal evento de antigomobilismo de Minas Gerais e um dos principais do Brasil, o tradicional Encontro de Carros Antigos de Araxá, organizado pelo Veteran Car de Minas Gerais – este ano teve patrocínio da Kia -, finalmente deu as caras. Depois de dois anos sem ser realizado, por causa da pandemia, movimentou os pátios do Tauá Grande Hotel, no Barreiro, de 28 a 31 de julho.


Os organizadores não divulgaram o balanço do encontro, com informações sobre o número de visitantes e injeção de dinheiro na economia local, por exemplo. Mas o certo é que vieram turistas de vários cantos do País que foram apreciar cerca de 300 raridades sobre rodas - uma mais bela e mais conservada do que a outra. É uma verdadeira lição de como preservar a história do automóvel.


O local é icônico, o Grande Hotel mais parece um castelo e seus amplos pátios ficam emoldurados pelos raros automóveis nacionais e importados, de várias marcas e fabricados em diversas décadas do passado.


O Brazil Classics Show ocorre a cada dois anos e em 2024 volta a sua data tradicional, no feriado de Corpus Christi.

“Temos uma relação de troca com Araxá, que nos oferece esse espaço e essa hospitalidade e nós entregamos um evento nesse nível. O desafio é superar essa edição daqui a dois anos e tenho certeza que vamos conseguir”, ressaltou o jornalista e diretor do Veteran Car, Boris Feldman.


Além da exposição estática, feira de peças, atrações culturais e shows musicais, leilão e desfile pelas ruas da cidade, o evento tem como ponto de destaque a premiação de carros e colecionadores.


Uma passarela foi especialmente preparada para a noite de gala do antigomobilismo, por onde passaram um Isotta Fraschini 1927, um Bugatti 1938, um Mercedes 380K 1938, um Cadillac 1935 e um Packard 1937; todos vencedores do Troféu Roberto Lee em edições anteriores. Na sequência, uma referência aos melhores Karmann Ghias, que receberam destaque nesta edição.


Os vencedores da premiação deste ano foram o Hispano-Suiza Carroceria Fiol Barcelona 1927 de propriedade do colecionador Rúbio Fernal (Prêmio Og Pozzoli 2022); o Horch Limousine 951A-1939, também de Rúbio Fernal (Troféu Federação Brasileira de Veículos Antigos); ele próprio Rúbio Fernal, por seu museu particular, ganhou o Troféu Lalique; e o Rolls Royce Phantom III V12, do colecionador Antônio Wagner da Cunha Henriques faturou o Troféu Roberto Lee - Best of Show.


Fotos: Gustavo Maneira e Felipe Conde


BOA NOTÍCIA GERA NOTÍCIA BOA!

OFERECIMENTO

1/1