• abril 30, 2024
  • 3 minutos

Minas Gerais lança Rota das Artes

Minas Gerais lança Rota das Artes

Novo roteiro turístico abrange oito municípios e deve impulsionar o desenvolvimento econômico e a geração de emprego e renda no Estado

Inconfidência Ane Souz PMOP1
Minas Gerais lança Rota das Artes (Foto: Ane Souza / Prefeitura de Ouro Preto)

O Governo de Minas apresentou uma nova rota turística, a Rota das Artes. O lançamento foi anunciado na feira Minas Travel Market (MTM), no Minascentro, em Belo Horizonte. O objetivo é impulsionar o desenvolvimento econômico e a geração de emprego e renda nas regiões contempladas pelo projeto.

Leia mais:

Vinho mineiro terá redução de imposto

O roteiro da Rota das Artes abrange oito municípios: Belo Horizonte, São Joaquim de Bicas, Igarapé, Brumadinho, Congonhas, Ouro Branco, Ouro Preto e Mariana. As cidades estão divididas em três destinos, que oferecem, ao todo, 16 experiências. São eles:

Circuito Liberdade – Palácio da Liberdade e MM Gerdau – Museu das Minas e do Metal –, Destino Veredas – Inhotim (Brumadinho), Arte, Cerâmica e Brunch no Ateliê (Brumadinho), Arte em Cerâmica no Mirante (Brumadinho), Brunch na Vila Lavanda (Brumadinho), Coração em Branco (Brumadinho), Alquimia dos Quintais (Brumadinho), 4 Estações com o Chef (São Joaquim de Bicas), Da Cozinha ao Quintal da Mestra (São Joaquim de Bicas) e Arte em Madeira (Igarapé), e, por fim, o Circuito do Ouro: Santuário do Bom Jesus do Matosinhos (Congonhas), Museu de Congonhas (Congonhas), Cerâmica Saramenha (Ouro Branco), Ateliê Edney do Carmo (Mariana) e Restaurante Sebastião (Ouro Preto).

A Rota das Artes deve potencializar ainda mais o fluxo turístico no estado, que teve o maior crescimento no país no primeiro bimestre de 2024. A alta é de 7,6% em comparação ao mesmo período do ano passado.

O estado é líder também no desempenho acumulado nos últimos 12 meses, de março de 2023 a fevereiro deste ano, com crescimento (12,6%) superior ao dobro da média nacional (4,9%), segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

“Minas Gerais é uma potência cultural e a cultura possui na arte um dos seus grandes fundamentos. Belo Horizonte, nossa capital, Brumadinho, Ouro Preto e a Região Metropolitana possuem destinos excepcionais seja no Barroco, seja na arte contemporânea ou no modernismo marcante para a formação do Brasil”, destaca o secretário de Estado de Cultura e Turismo de Minas Gerais, Leônidas de Oliveira.